• Contex Digital

TAQUARA PROÍBE ATIVIDADES E SERVIÇOS PRIVADOS NÃO ESSENCIAIS E FECHA CENTROS COMERCIAIS

A administração municipal de Taquara decretou, na quinta-feira, 19 de março, estado de calamidade pública, como forma de prevenção ao vírus COVID-19. Com isso, houve restrições em diversas atividades no município, dentre elas, a proibição integral das atividades e dos serviços privados não essenciais e o fechamento dos centros comerciais.




Poderão permanecer abertos os seguintes estabelecimentos:


  • Farmácias e clínicas de atendimento na área da saúde

  • Supermercados, mercados, atacados que atendam também ao varejo

  • Padarias

  • Indústrias cujo produto esteja relacionado a cadeia de produção e ofertas de alimentos e medicamentos

  • Setor de autoatendimento das agências bancárias

  • Órgãos de imprensa

  • Serviços de telecomunicações, internet e de monitoramento

  • Postos de combustível

  • Comércio de gás de cozinha

  • Restaurantes, tele entrega de alimentos e locais de alimentação


Por mais que estes estabelecimentos possam permanecer abertos, é necessário que sejam seguidas algumas normas. Confira quais são:


  • A proibição aos produtores e aos fornecedores locais de bens ou de serviços essenciais à saúde, higiene e alimentação, de elevar, excessivamente, o seu preço ou exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva, em decorrência da epidemia.

  • Os fornecedores e comerciantes locais devem estabelecer limites quantitativos para a aquisição de bens essenciais à saúde, higiene e alimentação, sempre que necessário para evitar esvaziamento do estoque de tais produtos.

  • Os estabelecimentos comerciais locais, devem fixar horários ou setores exclusivos para atender os clientes com idade superior ou igual a 60 anos e aqueles de grupos de risco, conforme autodeclaração.

  • As clínicas veterinárias poderão atuar em regime de plantão, com portas fechadas. Empresas fornecedoras de medicamentos e alimentos para animais podem realizar teleatendimento e entrega domiciliar.


O decreto impõe ainda “toque de recolher” em tempo integral para confinamento domiciliar obrigatório, exceto atividades acima citadas, proibindo a circulação e permanência de pessoas nos parques, praças públicas municipais, ruas e logradouros, objetivando-se evitar contatos e aglomerações.


Confira o Decreto de Taquara clicando aqui.

ENTRE EM CONTATO

Por favor, preencha o formulário abaixo:

  • Branca Ícone Instagram

 falecom@contexdigital.com   |  (51) 3543-8700   |   Rua Gustavo Lauck, 167, Parobé, RS

Uma empresa do Grupo Contex Brasil em conjunto com SER Soluções